RESENHA LITERÁRIA: P.S. EU TE AMO, DE CECELIA AHERN

Editora Novo Conceito

P.S. Eu te amo é um dos romances apaixonantes da Cecelia Ahern, autora tão queridinha nossa que já tem inúmeras resenhas por aqui! É também um filme de mesmo título, de 2007, estrelado por Hilary Swank (Holly) e Gerard Butler (Gerry).

O filme é um dos meus preferidos da vida. Choro, literalmente do começo ao fim, não importa quantas vezes eu assista. Inclusive, é por causa dele que cultivo o sonho de visitar a Irlanda e tirar lindas fotos nas paisagens maravilhosas, visitas os pubs, ver de perto as flores, sentir o clima da primavera.

Por isso, eu estava muito ansiosa mesmo por ler o livro em que ele foi baseado.

HOLLY E GERRY

Tanto livro, quanto filme, narram o drama de Holly, que, prestes a completar 30 anos, perde seu esposo para um tumor no cérebro. Mas Gerry não é apenas seu marido, como também sua alma gêmea, o motivo de sonhar por um futuro. Como um casal jovem, ainda não tinham filhos. Quanto à vida profissional, Holly não se precupava muito. Afinal, ao voltar para casa, iria dormir ao lado de seu lindo, divertido, maravilhoso, sexy e apaixonado marido. Por que se estressar com estas coisas quanto se pode simplesmente curtir a vida com os amigos queridos que tem? Holly realmente não é a pessoa mais comprometida com o trabalho, pula como uma macaquinha de um emprego para o outro e nunca conseguiu se estabilizar em carreira alguma.

Mas não foi assim a história da vida de Holly e Gerry por muito tempo. Holly se vê em um daqueles momentos nos quais a fatalidade é  tão terrível que ela se sente arrancada da posição de autora da própria história. Daí em diante, começa a saga do luto de Holly, que será direcionada por cartas enviadas por Gerry, que planejou tudo quando percebeu que lhe restava pouco tempo de vida. Ele a amava tanto que não seria capaz de deixá-la desamparada nem quando não poderia mais voltar.

quote

A partir de então, livro e filme se distanciam. Enquanto o filme foca especialmente em Holly e nas surpresas preparadas por Gerry, no livro, além disso, temos a abordagem profunda de outros relacionamentos, pais, irmãos, amigos, e como eles influenciam no processo de luto e superação de Holly.

No livro, Holly e Gerry têm uma “lista”, de sonhos e coisas que gostariam de fazer. Por isso, antes de morrer, ele envia para a casa de seus sogros um pacote com dez cartas para Holly. Ele faleceu em fevereiro, e há cartas para março a dezembro. Sua esposa só pode abrir uma a cada mês;

A família de Holly é linda. Seus pais são maravilhosos, e seus irmãos muito diferentes entre si. Além dela há Ciara, Declan, Jack e Richard. é muito interessante ver como o relacionamento com cada um dos seus irmãos se desenvolve durante a narrativa.

Há também o gurpo de amigos queridos. As melhores amigas de Holly são Denise, solterona inveterada, e Sharon, casada com John, melhor amigo de Gerry. É muito difícil para Holly encarar os amigos sem Gerry, pois tudo faz lembrar dele. Podemos perceber momentos de profunda depressão da protagonista no livro que, diferente do filme, traz com mais peso os dramas a viuvez precoce.

DENISE, HOLLY, SHARON
DENISE, HOLLY E SHARON

Em geral, é uma narrativa muito profunda. Cecelia escreve com muito detalhe sobre o que está acontecendo, insere muitos aspectos psicológicos, sociais e comportamentais, faz também referências ao passado, de modo que as personagens se tornam tão vivas a ponto de conseguirmos associá-las a pessoas que conhecemos.

Não posso deixar de comentar sobre o desfecho da narrativa. Para mim, o final da Holly do cinema foi mais animador, embora tenha sido coerente e satisfatório no livro. Contudo, senti falta de um ponto final para as personagens secundárias, que considero tão importantes quanto a Holly. Eu realmente queria saber mais sobre elas e sobre o resultado de tudo que construiram durante toda a narrativa.

Em linhas gerais, é um livro emocionante e envolvente, com o qual eu chorei em incontáveis partes, me emocionei em outras, amei e compreendi a Holly, aprendi a amar aqueles que a amam e, sobretudo, torci para que ela encontrasse seu rumo e retomasse a posição de autora da própria história, mesmo que não domasse seu desino.

PS EU TE AMO

SINOPSE: Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada.
Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *