Resenha: Eleanor & Park, de Rainbow Rowell ❤

Editora Novo Século
Gênero: Ficção/Romance

                Eu amei muito esse livro, simplesmente isso. Depois de encarar vários livros com tramas complexas e densas que, apesar de excelentes, sugaram meu emocional, li Eleanor & Park e superei toda minha ressaca literária. Não que a própria trama da estória seja tão leve assim, mas, sei lá… Trouxe frescor e, ao contrário de muitas resenhas que li, o final não partiu meu coração. Claro, me deixou angustiada, mas achei bem coerente e lindo à sua maneira, e vou torcer pra que a sequência que Rainbow Rowell escreveu contando a vida deles com 30 anos seja lançada algum dia! Eu iria adorar!

O mais legal da estória pra mim é o desenvolvimento da relação entre Eleanor e Park, porque não tem como não se identificar com todos aqueles receios da adolescência que eles vivem enquanto começam a se conhecer de verdade e se apaixonar. É doce, é ingênuo e é algo pelo qual a grande maioria das pessoas com mais de 15 anos já passou, é bom de reviver.

Eleanor e Park fogem do clássico romance adolescente estereotipado entre o(a) popular e o(a) forasteiro(a), pois no caso deles, ambos são apenas adolescentes normais com gostos bem peculiares e jeitos próprios de levar a vida. Eleanor causa estranheza quando chega à escola por fugir dos padrões de beleza. Ela é ruiva, se considera gorda, se veste de maneira exótica, chamando a atenção de todos, mesmo sem querer. Park é mestiço, filho de uma coreana com um descendente de irlandês, e é vidrado em quadrinhos, além de apaixonado por música. Eles parecem não ter nada em comum, até perceberem que suas ‘estranhezas’ se atraem.

Eleanor vem de uma família muito problemática, enquanto Park tem um lar bastante perfeito, e ela encontra refúgio no seu relacionamento com o garoto pra lidar com sua realidade frustrante e paralisante. Ela sofre bullying na escola, bullying em casa, e tenta se proteger como pode, mas ainda assim, continua sendo alvo de toda sorte de maldade, mas quando se apaixona por Park, sua vida passa a ter outro sentido, eu poderia dizer que Park traz descanso ao coração cansado de Eleanor.

Eu acho que dá pra tirar pelo menos umas trinta lições do livro Eleanor & Park sobre autoimagem, amor próprio, solidariedade etc. Mas o foco do livro, para mim, não pode deixar de ser esse amor adolescente lindo e forte que transforma os personagens e dá novos rumos às suas vidas.

Cheio de referência musicais dos anos 80 (sim, o livro se passa nos anos 80! :D) e geeks, eu absolutamente amei tudo e me derreti por Park. Me deu vontade de guardar num potinho de tanta fofura! Eleanor também é uma ótima personagem e ambos são muito reais, assim com o relacionamento que desenvolvem… Como disse, enquanto lia, podia me lembrar exatamente das mesmas sensações que tiveram. Toda a melação, babação, intensidade que você sente quando se apaixona pela primeira vez e tem ‘certeza’ de que aquela pessoa é a única pessoa pra você no mundo estão perfeitamente retratadas na relação deles! É demais ver quão bem a Rainbow conseguiu descrever a coisa toda!

               Eu tirei fotos de todas as quotes maravilhosas do livro, o que rendeu em um bocado de fotos mesmo, porque ele é recheado de trechos marcantes e extremamente fofos. Li recentemente que os direitos para um filme foram adquiridos e a expectativa é que seja lançado em 2015! Ai, já quero muito! Vou torcer pra sair logo!!!

Alguns dos trechos que eu mais gostei foram:

“Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo.” 

 

“A gente acha que abraçar uma pessoa com força vai trazê-la mais para perto. Pensamos que, se a abraçarmos com muita força, vamos senti-la, incorporada em nós, quando estivermos longe. Toda vez que Eleanor ficava longe de Park, sentia sua perda.”

 

“Você é minha pessoa favorita de todos os tempos.”

“Eleanor tinha razão. Não tinha boa aparência. Ela era como uma obra de arte, e arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa.”
      É isso, Eleanor & Park é um livro do gênero jovem-adulto maravilhoso! A Rainbow tem a medida certa para criar personagens verossímeis e estórias arrebatadoras. Recomendo muito!

Na minha opinião, recomendado para quem gostou de:

  • A culpa é das estrelas, de John Green
  • Quem é você, Alasca?, de John Green
  • Três metros acima do céu, de Federico Moccia
  • Onde terminam os arco-íris (ou ‘Simplesmente Aconte’), de Cecelia Ahern
Fica a dica! 😉

Resumo oficial:

 

“Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.”

6 Comentários para "Resenha: Eleanor & Park, de Rainbow Rowell ❤"

    • Vale muito a pena ler! Pode acrescentar na lista de prioridades, que eu garanto! rsrsrs. Brincadeira, mas espero que goste mesmo! Para mim, foi uma leitura muito prazerosa! :)

      Obrigada pela visita ao blog e pelo comentário <3

      Beijos,
      Aninha.

  1. Do jeito que você fala, esse livro deve ser incrível mesmo. Me interesso pelo romance nerd não estereotipado. Mais uma vez, excelente resenha.
    John

    • Obrigada John!! Que bom que você curtiu! Continue nos acompanhando, que ainda teremos muito mais coisas legais por aqui, sempre buscando abordar múltiplos gêneros literários e agradar a todos quanto possível!

      Beijos,
      Aninha.

  2. Ammmmei a resenha!! fiquei com mt vontade de ler! vou aproveitar os descontos de fim de ano e comprar! continue postando suas novidades no twitter pra eu poder acompanhar, bjs bjs! Mari

    • Ô, obrigada!!! Fico feliz por você ter gostado tanto! :) Continuarei postando as novidades em todas as redes sociais, continue nos acompanhando mesmo e espero que goste também de tudo que ainda temos pra compartilhar! Grata pelo feedback positivo!

      Beijos,
      Aninha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *